Caponata Mediterrânea

Esta é umas das minhas receitas favoritas de aperitivos. Faz uns anos que eu faço e todo mundo me pede a receita, INCLUINDO quem não é muito fã de vegetais.

Se trata de um dos maravilhosos antipasti italianos e este, em especial, da Sicília. E é verdade que o sul da Italia nos brindou com receitas deliciosas, com muitas camadas de sabor e texturas e muita influencia do Mediterrâneo. E essa é a vibe dessa receita!

Como você vai ver, esta preparação for patrocinada pela TerraMater, que me mandou o azeite, o vinagre, os tomates e também um vinho mara para harmonizar. Aproveitando essa oportunidade, deixa eu falar um pouco mais das minhas regras de patrocínio e relacionamento com as marcas.

Muitas marcas entram em contato comigo para mandar presentes, convidar a eventos ou oferecer produtos. Meu critério é muito claro: só faço promoção de coisas que, de verdade, eu goste e sempre vou deixar claro que foi um presente ou um patrocínio. Quer dizer, quero que você sempre saiba quando estou usando alguma coisa que comprei e quando estou usando algo que tenha um fundo de publicidade. Mas sempre vou dar minha opinião sincera e nunca vou fazer nada com marcas nas quais eu não confio ou acredito. Esse é o meu compromisso com você.

Isso dito… vamos à receita! Como eu disse, ocupei 3 produtos da TerraMater (uma vinícola incrível aqui do Chile): o vinagre de vinho tinto Casta, o azeite de oliva Casta Intenso e os tomates em lata Longobardi. São produtos de ótima qualidade e isso é fundamental para esta receita, já que você vai sentir todos os sabores no final. Por isso, trate de ocupar produtos de qualidade, para que você possa brilhar como se estivesse no Mediterrâneo!

A caponata é perfeita como aperitivo. Mas como ela é neutra, é MUITO versátil e você também pode servi-la quente ou morna, acompanhando carnes, peixes, frango e até mesmo saladas! Minha dica, além de usar produtos bons, é deixar que cada etapa do processo de cozimento tome seu tempo, para que os sabores se destaquem. Você vai ver, também, que essa receita rende um montão, o que é ótimo já que a caponata se conserva muito bem na geladeira!

*mara = maravilhoso!

Caponata Mediterrânea

Para 8 pessoas

1/3 xícara de nozes picadas

2 colheres (sopa) de passas escuras

2 berinjelas médias

2 abobrinhas médias

1 cebola

2 talos de aipo

1 pimentão vermelho

2 tomates maduros, sem sementes

1 lata de tomates picados Longobardi**

2 dentes de alho

1 folha de louro

2 colheres (chá) de orégano

2 ramos de tomilho (só as folhas

1 ramo pequeno de alecrim

1/4 xícara de vinagre de vinho tinto Casta**

1 colher (sopa) de açúcar

2 colheres (sopa) de alcaparras

1/2 xícara de azeitonas verdes picadas

1 xícara de salsinha picada

1/2 xícara de manjericão picado

Azeite de oliva Casta Intenso**

Sal

Pimenta do reino

Pão em fatias, para servir

Leve as nozes ao fogo, em um frigideira grande (a mesma que você vai usar para toda a receita), até que comecem a dourar. Reserve. Hidrate as passas em água morna e reserve.

Corte as berinjelas em cubos pequenos (1 cm), coloque em uma peneira, jogue sal e deixe perder líquido. Enquanto isso, corte as abobrinhas, a cebola, os aipos, o pimentão e os tomates em cubos do mesmo tamanho (1 cm) e o alho bem pequenininho. Lave as berinjelas e deixe secando em papel toalha.

Cubra o fundo de um frigideira grande com azeite de olive (mais ou menos ½ dedo) e frite metade das abobrinhas. Deixe escorrer em papel toalha, complete a frigideira com azeite (se necessário) e frite a outra metade. Repita o mesmo processo com as berinjelas. Reserve em papel toalha.

Coloque um pouco mais de azeite na frigideira e refogue a cebola, o aipo, pimentão e alho. Quando começar a dourar, junte os tomates frescos. Mais ou menos 1 minuto depois, coloque os tomates em lata, louro, orégano, tomilho e alecrim.

Deixe em fogo baixo, até que o líquido esteja quase seco. Coloque, então, as berinjelas e as abobrinhas, vinagre, açúcar, alcaparras e passas (sem a água).

Misture bem, deixe o vinagre evaporar um pouco (mais ou menos 3 minutos) e ponha as azeitonas, salsinha, manjericão e nozes. Prove e corrija sal e pimenta, a gosto.

Coloque tudo em um pote coberto com filme plástico e deixe na geladeira. A caponata se conserva por até uma semana e fica mais gostosa com o passar dos dias.

Sirva quente, morna ou fria, com pão.

Aproveite com um vinho TerraMater Vineyard Reserve Cabernet Carmenere 2015**.

**Tudo isso você encontra no Emporio TerraMater. Já sabe o que tem que comprar e mandar entregar no hotel quando vier pro Chile, né? 😉