Empanadas Chilenas de Carne

Você sabia que 15 de abril é o Dia da Cozinha Chilena? Pois é! E nada melhor que comemorar com empanadas, uma das minhas comidas favoritas daqui!

Aproveito para contar minhas primeiras aventuras no Chile e como me apaixonei pela cozinha desse país… Faz um pouco menos de 2 anos que eu pisei pela primeira vez no Chile. Era agosto, chovia, fazia frio. Tive a felicidade de ser muito bem recebida e a oportunidade de conhecer muitos lugares e, ainda, muitas comidas já nessa primeira visita. Lembro perfeitamente de ser apresentada ao pisco sour, às pizzas, saladas e sobremesas do Tiramisú (um restaurante delicioso em Santiago, que eu amo!), ao pebre (uma espécie de vinagrete) e às empanadas!!!

Eu já conhecia as empanadas argentinas e sempre adorei esses pasteizinhos macios recheados de coisas deliciosas. Mas aqui, as empanadas tomaram outra dimensão. Primeiro porque são enormes (e eu adoro toda essa abundância da cozinha chilena!!!). Depois, pela aventura de adivinhar o que é… pino!

Explico: uma empanada de pino é uma empanada de carne! Mas mais que isso: a empanada de pino leva carne, ovo, azeitona e uva passa (sim, uva passa. É bom, eu juro.). É a mais clássica das empanadas, segundo minha própria percepção.

E os chilenos são muito criativos e, portanto, dá pra encontrar empanada de quase todos os sabores: queijo, queijo com cogumelos, queijo com camarão, jaiba (pronuncia-se “raiba” e é um tipo de caranguejo), ouriço, vegetais, napolitana (ou pizza!)… a lista é quase infinita! E infinitamente deliciosa!

A essa altura, você deve estar se perguntando: “mas ela não é brasileira? Será que essa empanada vai ficar boa mesmo?” Sim! Porque eu tenho um namorado chileno e sua mãe, chilena, cozinha super bem!!! Assim, esse post só foi possível com a ajuda da família chilena do meu namorado, que sempre me recebe tão bem e com pratos tão deliciosos! A receita é da sogra… 😉

Corra para fazer essa maravilhosa receita e atenção ao formato da empanada – isso é muito importante! Espero que você aproveite esse clássico chileno tanto quanto eu!

Empanadas de Pino 1

Empanadas Chilenas de Pino

Para 20 empanadas

Pino

3 cebolas médias

1 dente de alho, picado

3 colheres (sopa) de azeite ou óleo

1/2 kg de carne picada com a faca (coxão mole, alcatra ou filé mignon)

1/2 xícara de vinho tinto

1/2 xícara de água

1/2 colher (sopa) de orégano

4 ramos de tomilho

1 colher (chá) páprica picante

1 colher (sopa) de sal (rasa)

2 a 3 colheres (sopa) de farinha de trigo, para ligar

3 ovos cozidos (duros), cortados em 8 pedaços cada

20 azeitonas

1/4 xícara de passas hidratadas

Massa

200g de margarina ou gordura (vegetal ou animal)

1 xícara de agua

1 colher (sopa) de sal

1 kg de farinha de trigo

1 colher (sopa) de fermento em pó

1 colher (sopa) leite em pó

1 xícara de vinho branco

1 gema para pincelar

Comece pelo pino. Pique a cebola em cubos pequenos, coloque metade em uma panela e cubra com água. Leve para ferver por 5 minutos e escorra.

Em uma panela, coloque o óleo e frite a cebola por alguns minutos, até que esteja transparente, coloque o alho e frite por mais alguns minutos, até começar a dourar. Coloque a carne picada, mexa bem e agregue o vinho tinto. Deixe que evapore um pouco, coloque a água e mexa até a carne estar semi cozida. Acrescente a cebola escorrida, orégano, tomilho (só as folhas), páprica e sal, mexa e deixe cozinhando por 10 minutos, em fogo baixo. Coloque a farinha e mexa bem, até que a farinha não seja mais vista. Apague o fogo, acrescente as passas e reserve o pino, para que se esfrie totalmente.

Para fazer a massa, comece colocando, em uma panela, a água, a gordura (ou margarina) e o sal. Leve ao fogo até que a água esteja morna (sem ferver) e a gordura derretida. Enquanto isso, coloque a farinha em uma superfície limpa, em formato de montanha, junto com o leite em pó e o fermento. Abra um buraco no centro da farinha e coloque, aos poucos, a água morna (cuidado para não queimar sua mão), misturando cuidadosamente a farinha com as pontas dos dedos. Coloque, então, o vinho e comece a sovar, até que você tenha uma massa macia e homogênea. Esse trabalho com a massa deve demorar uns 5 minutos, no máximo.

Pré-aqueça o forno a 230 graus. Divida a massa em 20 porções. Faça uma bolinha com cada porção e comece a abrir, em formato redondo, até que tenha 0,5mm de espessura, mais ou menos. Agora, monte a sua empanada: com o pino totalmente frio, coloque 2 colheradas do recheio, uma azeitona e um pedaço de ovo (em cima da carne), da metade da massa até a borda, deixando um espaço para fechar (1 dedo, aproximadamente). Molhe a borda com água e feche a empanada, pressionando ao redor do recheio, para que saia o ar. Feche as pontas, dando a forma tradicional da empanada chilena.

Coloque as empanadas em uma forma levemente untada com azeite e passe a gema de ovo (batida com ½ colher de água) sobre as empanadas, com um pincel. Leve ao forno por 30 minutos ou até que estejam douradas.

Agora, é só aproveitar suas empanadas ainda quentes, com um bom vinho chileno!

***

Conhece alguma receita chilena? Deixe um comentário e inspire-nos! 😉

Chilean Empanadas